BANNER

 
| 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


SPUFFY EM ANGEL


Dezenove dias após morrer heroicamente fechando a Boca do Inferno em Sunnydale, Spike retorna a esse mundo em Los Angeles, no escritório de Angel na Wolfram & Hart. Um envelope endereçado ao vampiro contém o amuleto usado por Spike e, quando este cai no chão, eis que, para surpresa de todos - o próprio Angel, Wes, Fred, Gunn, Lorne e Harmony - surge um Spike assustado, sem ter ideia do que está acontecendo

Veja [Spike em Angel]

A primeira coisa que ele quer saber é se Buffy está bem e diz que quer vê-la, o que imediatamente provoca uma discussão com Angel. Infelizmente, logo todos percebem que Spike está incorpóreo - e ainda por cima, preso a Wolfram & Hart. Ele não pode deixar Los Angeles para ir atrás de Buffy.

Após algum tempo, Spike volta a ter seu corpo físico e decide ir para a Europa, "já que tem alguém me esperando por lá", pois sua rivalidade com Angel torna trabalhar com ele uma coisa muito complicada - eles tinham acabado de ter uma disputa sobre a Profecia Shanshu, aquela que fala sobre um vampiro com alma que um dia voltará a ser humano. Spike pergunta se Angel tem algum recado para Buffy e o ex-namorado manda dizer "que você é um idiota"! Mas ele desiste da viagem...

Eu estava a caminho. Já tinha a passagem de navio. Então, parei para pensar. Um homem não pode morrer numa maldita fogueira gloriosa, salvando o mundo e então aparecer 3 meses depois, desembarcando de um cruzeiro no Sul da França. Quer dizer, eu adoraria, não me entenda mal, mas é difícil superar uma saída como aquela.

Quando Angel e Spike têm que lidar com uma Caça-Vampiros enlouquecida, Wesley liga para Giles na Europa e pede ajuda. Giles então envia Andrew para Los Angeles e o rapaz fica muito feliz em saber que Spike está vivo. Eles conversam sobre Buffy e Andrew diz que ela não sabe que o vampiro sobreviveu e se oferece para contar para ela, mas Spike diz que não, que ele mesmo quer fazer isso - e não por telefone.

Buffy não é uma da prioridades de Spike por algum tempo, distraído que está lutando contra as forças malignas que imperam em LA, até que Angel recebe um telefonema - de um de seus espiões - dizendo que a Caça-Vampiros está em perigo: Buffy está na Itália e é alvo do Imortal, um inimigo tanto de Angel e Spike, uma figura sinistra, "o que de pior o Inferno já vomitou!" Os dois vampiros encontraram o Imortal pela primeira vez na Itália, em 1894, quando foram feitos prisioneiros pelo misterioso personagem, enquanto este se aproveitava de Darla e Drusilla e desde então, só têm tido dissabores quando cruzam o caminho dele. Eles vão para a Itália resgatar Buffy (e a trabalho também, mas o trabalho é bastante negligenciado em favor da Caça-Vampiros) e ficam muito estressados quando Andrew conta a eles que Buffy está saindo com o Immortal por livre e espontânea vontade - nada de controle da mente ou poções do amor.

Passam 24 horas correndo atrás de Buffy em Roma, sem nunca conseguirem falar com ela, no entanto. Spike por duas vezes diz a Angel que sabe que nunca teve uma chance real com ela, mas quando, pela última vez passam no apartamento de Buffy (e ela ainda não chegou da noitada com o Immortal), ele percebe que está errado - Andrew diz que Buffy ama tanto Angel quanto Spike... mas que eles devem seguir em frente, que agora não é o momento, e que mais adiante um deles pode alcançá-la. A surpresa feliz no rosto de Spike é evidente. Os vampiros voltam para Los Angeles e tentam seguir em frente, aparentemente sem muito sucesso.*

*Na verdade, a Buffy que os vampiros perseguiram por toda Roma não era Buffy e sim uma dublê, para a segurança da Caça-Vampiros, agora perseguida pelo governo americano como terrorista: veja [Oitava Temporada de Buffy em Quadrinhos]



SPUFFY EM QUADRINHOS

[Buffy em Quadrinhos]

[Angel em Quadrinhos]


Spike: The Complete Series
  •  Alone Together Now
  • What Happens in Vegas, Slays in Vegas
  • Everybody Loves Spike
  • You Haven't Changed A Bit
  • Bedknobs and Boomsticks
  • Something Borrowed
  • Give And Take
  • Stranger Things

Spike continua lutando ao lado de Angel, até que a batalha contra a Wolfham & Hart e seus Sócios Majoritários faz com que Los Angeles inteira seja mandada para o Inferno. Quando a coisa toda é revertida, Spike (agora um membro efetivo do time de Angel) resolve ir para Las Vegas tentar fazer um pouco de seu árduo trabalho de herói sozinho, pois com Angel (apesar deles estarem se dando muito bem agora) há sempre resquícios da velha rivalidade.


MOMENTO SPUFFY
Uma cortesia de Brian Lynch e Stephen Mooney

Spike

Em Las Vegas, Spike enfrenta vários vilões e acaba pedindo a ajuda de Willow, que prontamente atende seu pedido. A bruxa fica muito feliz em rever o vampiro, abraçando-o com carinho. Resolvidos os problemas, Willow, na hora da despedida, fala para Spike que Buffy havia ouvido rumores de que ele estava vivo e que tinha partido em busca de informações sobre o vampiro, que queria muito ter certeza; ela se oferece para contar sobre os atos heroicos dele para Buffy, que grande líder ele é agora, mas Spike diz para Willow não falar nada, que ele prefere que o reencontro com Buffy seja estritamente
entre eles.



OITAVA TEMPORADA
Buffy the Vampire Slayer


Last Gleaming


Spike e Buffy (agora com super-poderes) se vêem finalmente quando ele vai ao socorro dela, quando a batalha contra Twilight esta no auge e o vampiro chega em sua nave espacial (conseguida em Las Vegas, longa história). O encontro é frio: Buffy agradece Spike por ele ter matado os Turok-Hans e fechado a Boca do Inferno (Buffy/Chosen) e diz que está no meio de uma batalha que precisa vencer e que ele lhe passe as informações que tem sobre
Twilight.

Mais tarde, quando está sozinha com Spike no quarto dele na espaçonave, Buffy comenta sobre a transa no espaço dela com Angel (que também recebeu super-poderes), e o vampiro, magoado, diz a ela que não existe "outra pessoa no Universo a quem ela NÃO DEVERIA estar contado isso". Buffy se justifica, dizendo que é para ele que ela costuma contar as coisas que não deve, que ele é "o seu lugar escuro". Quando se aproxima dele, ela imagina os dois se beijando e não presta muita atenção sobre as estratégias para derrotar o vilão, que Spike está explicando... depois, Buffy está cansada e Spike sugere que é "hora de ir para a cama"... isto é, D-O-R-M-I-R... mas ela, ainda sonhando acordada, se imagina transando com o vampiro...

MOMENTO SPUFFY
Uma cortesia de Joss Whedon e Scott Allie


Depois da batalha em Sunnydale - quando Buffy destruiu a Seed of Wonder e acabou com a magia na Terra - todos (Buffy, Xander, Dawn, Willow, Andrew, Kennedy, Caças-Vampiros) vão morar em São Francisco; ela já não mais com super-poderes. Spike, que também vai para lá, tenta animar Buffy, diz que está na cidade por causa dela; eles estão conversando na janela do apartamento de Dawn (ela não pode convidá-lo para entrar, pois a casa não é sua), ele na escada de emergência. Ela pula a janela, mas a garota está realmente muito abalada e quando começa a chorar - não querendo demonstrar fraqueza na frente do vampiro - ela volta para dentro, dizendo a ele um "tchau, volte sempre" muito sem jeito. E aí, ela tropeça e cai...



NONA TEMPORADA
Buffy the Vampire Slayer


Freefall


Em São Francisco Spike mora na nave espacial e Buffy sai da casa de Xander e Dawn, passando a dividir um apartamento com mais duas pessoas - Anaheed e Tumble. Para comemorar a nova casa, a caça-Vampiros dá uma festa, a qual comparecem Willow (e sua nova namorada), Xander, Dawn, Andrew e Spike. Na porta, Spike não pode entrar sem ser convidado e quer saber se ele vai ter que pedir... ele recebeu uma mensagem de texto dizendo apenas "festa" e isso não é o suficiente. Buffy, com uma carinha safada, pergunta se existe alguma chance dele implorar e o vampiro diz "não esse ano"...

Durante a comemoração, Buffy bebe demais e, como se sabe, sempre que isso acontece, a coisa acaba mal. No dia seguinte, ela acorda sem se lembrar o que aconteceu e pouco tempo depois descobre que está grávida! Na verdade, não está, pois na noite da festa Andrew (para protegê-la de um perigo iminente), havia colocado sua mente em uma robô, após Spike tê-la deixado em seu quarto completamente apagada - e nua da cintura para cima, diga-se de passagem. Mas o vampiro não se aproveitou da situação, apesar de Buffy estar meio oferecida. Tanto que, quando acha que está grávida, Buffy considera Spike um possível candidato a tê-la engravidado, apesar dele ser um vampiro.

Quando Spike - seguindo uma pista em relação ao perigo que ronda Buffy - chega até o demônio Eldre Koh, pensando ser este a ameaça à Caça-Vampiros (na verdade é Severin), o vampiro tem que ouvir dele  que "as coisas entre vocês não estão do jeito que você gostaria que estivessem", depois de falar sobre sua aliança com a Caça-Vampiros. Spike acrescenta, porém, que  "Buffy merece algo normal na vida dela e eu não sou normal".

Mais tarde, quando a Caça-Vampiros está em perigo mortal nas mãos de Severin, Spike intervém para salvá-la - mas Severin também o ataca, para horror de Buffy: o vampiro vai morrer. Os dois são salvos pelo Detetive da Polícia de São Francisco, Robert Dowling, que atira em Severin. Após Buffy partir com Willow, Koh fala para Spike que a Caça-Vampiros provavelmente gostaria de falar com ele, pois o vampiro arriscou a própria vida para savá-la, mas Spike diz que prefere ficar longe de Buffy, insistindo que ela merece alguém "normal".


Magical Mistery Tour

Então Spike parte em sua nave - e acaba vagando pelo espaço meio contra sua vontade por 62 dias - ainda que tratado como um rei pelos seus dedicados súditos (as criaturas parecidas com insetos gigantes). Mas ele também faz a sua parte: cuida dos bebês-insetos, declara poesia para os adultos, lê livros para aprender a cultura dos alienígenas. Quando volta à Terra (aterrizando a nave bem em frente dela, em um parque), a primeira coisa que Buffy quer saber é onde ele esteve e se veio para ficar; Spike diz que só veio para uma pizza e uma troca de roupa, pois sua tripulação o está esperando...*



On Your Own


Spike sai em patrulha com o Detetive Dowling, para ensiná-lo como matar zompiros. Quando Dowling pergunta a Spike como ele e uma Caça-Vampiros acabaram juntos, o vampiro resume a história deles:

Tentei matá-la, falhei, tive um chip implantado no meu cérebro então não podia mais, tive um caso com uma Buffy robô, então tive um caso com a Buffy verdadeira, fui atrás da minha alma e daí eu e Buffy seguimos caminhos diferentes.

Spike pergunta a Dowling se ele está interessado em Buffy; se estiver, deveria tentar algo com ela pois nada o deixaria mais feliz do que vê-la em uma relação normal. Dowling, no entanto, percebe os verdadeiros sentimentos de Spike, que ainda ama a Caça-Vampiro, e o aconselha a falar com ela. Nesse momento, Buffy liga para Spike dizendo que precisa muito falar com ele. Ele vai até o condomínio onde Buffy está morando, decidido a falar para ela que ainda a ama. Mas quando chega lá, Buffy pede a ele que a escute primeiro... ela precisa fazer um aborto.

Buffy revela que considerou fugir com ele, para os dois criarem o bebê, mas no final chegou a conclusão que não aguentaria tamanha responsabilidade (ser mãe). Ela pede para Spike ir com ela ao médico e ele concorda. Enquanto espera a data marcada, Buffy se muda para a nave espacial de Spike. Ele pergunta se ela realmente pensou na possibilidade de ter o bebê e fugir com ele, quer saber se ela tem certeza de que quer abortar. Ela confirma que sim, tinha pensado, mas que no final as coisas não dariam certo pois ele era parte do mundo do qual ela gostaria de fugir. Spike, bravo e desapontado, diz que Buffy só o procura quando está com problemas. Buffy quer continuar a conversa, mas o Detetive Dowling telefona para o vampiro, pois encontrou um ninho e está sendo atacado por uma horda de zompiros. Buffy quer ir junto, mas Spike, preocupado e carinhoso, diz que ela não deve ir por causa de seu estado; ela diz que não importa, já que não vai até o fim com a gravidez, mas Spike afirma que enquanto ela estiver grávida, deve ter cuidado. Buffy aceita a princípio, mas acaba aparecendo no meio da luta.



MOMENTO SPUFFY
Uma cortesia de Andrew Chambliss e Georges Jeanty


O Detetive Dowling comenta com Buffy o quanto Spike ainda a ama; ela fica desconcertada e o manda ir para a nave imediatamente. Então, ela pergunta ao vampiro se ele ainda a ama e Spike quer saber se ela "vai obrigar ele falar o que todo mundo já está cansado de saber". Buffy se justifica dizendo que a úncia coisa em que ela é realmente boa é na caçada, que nos resto é bastante lenta, e pergunta porque ele não falou nada. Spike diz que é porque ela estava com problemas e que ele queria ajudar; que entende que é assim que as coisas funcionam entre eles, que foi ingênuo ao pensar que tinham mudado; e que depois de tudo resolvido, ele pretende ir embora, porque não quer mais ser o "lado negro" a que ela recorre quando está encrencada. Não foi para isso que ele lutou para ter a sua alma de volta, que ele a apoia sempre e que, principalmente, ele continua em São Francisco. Buffy pergunta se ele ficou na cidade por causa dela e Spike diz que pode dar a ela o que ela precisa, que quer também uma vida normal... e a quer ao lado dela. Os dois estão para se beijar, entretidos um com o outro, quando um zompiro remanescente aparece do nada e arranca o braço de Buffy... só que não é Buffy e sim um robô.

Refeitos do choque, Buffy-robô e Spike procuram Andrew - foi ele, com as melhores intenções, que colocou a memória de Buffy em um robô, para protegê-la do perigo que ronda a Caça-Vampiros. Na festa do apartamento, Buffy bebeu tanto que desmaiou. Spike a levou para o quarto e a deixou lá, sozinha; foi quando Andrew apareceu com a nova Buffybot e fez a transferência da memória de Buffy. Andrew quer saber porque ela achou que estava grávida e Buffy diz que fez um teste porque estava atrasada e tendo enjoos: Andrew tinha feito um serviço quase perfeito - a robô podia até comer - mas não processar os alimentos, por isso o enjôo. Acrescenta que o susto da gravidez não foi nada se comparado com o risco da robô  ter ficado permanentemente bêbada... Spike, no entanto, fica furioso com Andrew, por tudo o que Buffy teve que passar. Buffy, mais uma vez, se sente arrasada - tudo o que ela passou era uma mentira, mais uma coisa bizarra relacionada ao fato dela ser a Caça-Vampiros e não uma pessoa normal. A única coisa verdadeira, ela diz para Spike olhando nos olhos dele e segurando suas mãos, "foi você aparecer quando eu precisava de alguém".


Pouco antes da mente de Buffy ser recolocada novamente em seu corpo, Spike diz a ela que quer deixar São Francisco; ele não quer mais ficar vivendo às margens de sua vida, espreitando de longe, como tem sido sempre. Ela pede para ele ficar, nem que use a desculpa de que "a ameça de Simone ainda está por aí", mas o vampiro decide mesmo partir, não sem antes reafirmar seu amor por ela, acrescentando porém que nunca teve certeza onde o coração dela está; mas que acredita nela e que ela sempre poderá contar com ele. Então, Spike parte em sua espaçonave...


Spike: A Dark Place

Spike está desconsolado porque Buffy não está com ele em sua espaçonave; ele passa as noites bebendo e sofrendo, isolado em um canto, o que deixa sua tripulação muito preocupada. As criaturas-parecidas-com-insetos AMAM Spike, seu rei e mestre, e não gostam de vê-lo nesse estado. O vampiro olha o solário construído especialmente para Buffy e sofre um pouco mais. Então, Sebastian e seus companheiros resolvem adaptar o solário colocando nos vidros proteção contra os raios solares e levam o vampiro a contragosto para lá - ele pensa que é um motim e que querem matá-lo! Os insetos se basearam em uma foto de uma revista deixada por Buffy na nave para criar um cenário de praia para que o amado mestre Spike se anime um pouco.

MOMENTO SPUFFY
Uma cortesia de Victor Gischler e Paul Lee

Spike

Durante a aventura que se segue, Spike acaba dando carona para uma bela demônia chamada Morgan; enquanto seus tripulantes desconfiam dela, Spike parece encantado com a garota. Ela diz que faz parte de uma raça que tradicionalmente trabalha como cortesã, dando "apoio" a homens poderosos em todo o universo. Morgan nota roupas femininas (de Buffy) na nave e percebe que são da amada de Spike. Dizendo-se atraída pelo sofrimento dele, ela tenta beijá-lo, mas ele a afasta - porque, é claro, a única garota que significa alguma coisa para Spike é Buffy...



Death and Consequences (Angel & Faith)

Em Londres, Angel está com problemas e telefona para Spike pedindo sua ajuda; este último, acaba de perder sua espaçonave e está na Ilha de Páscoa, mas dá um jeito de chegar rapidinho na Inglaterra. Logo de cara, os dois vampiros discutem sobre Buffy - Angel sugere que a Caça-Vampiros deu o fora em Spike, Spike responde que, pelo menos, Buffy aceita a presença dele, já Angel ela não quer ver nem pintado pela frente!*

*Porque ele matou Giles, ou Twilight - que era Angel - matou; ninguém entendeu direito esta história, Faith faz exatamente esse comentário em um dos capítulos!

Mais tarde, lutando ao lado de Faith contra os Enders, Spike insinua que os dois poderiam dormir juntos - afinal de contas ambos estão na seca já há algum tempo... mas Faith não acha uma boa ideia, pois o vampiro
não consegue esconder de ninguém que ainda ama Buffy:

Faith: É óbvio que você ainda está apaixonado por Buffy, mas não está ao lado dela. Provavelmente a deixou com aquela desculpa idiota de que é melhor para vocês dois. Me diga qual é a diferença do que Angel fez quando deixou Sunnydale e foi para Los Angeles?

Spike: É MUITO DIFERENTE em vários níveis. Eu continuei com a minha vida. Eu realizei coisas. Coisas importantes. Salvar sua estúpida vida agora pode não contar, mas a questão é que... eu estou em outra!

Spike está bravo, mas Faith afirma que o que disse é a mais pura verdade; que não é a pessoa mais qualificada para dar conselhos amorosos, mas que dormir com outras mulheres não vai fazê-lo esquecer Buffy, mas quando tiver esquecido Buffy, provavelmente ele vai se dar bem... Spike comenta "sorte das mulheres de Londres, porque já a esqueci!", para segundos depois acrescentar para si mesmo "nem eu mesmo acreditei nisso"...

Após derrotar os Enders, Spike resolve ficar em Londres, pois Angel, na tentativa de ressuscitar Giles, acaba absorvendo a alma do ex-Guardião de Buffy, o que causa uma gande confusão em sua cabeça, pois o vampiro conta agora com três seres dentro de si: ele próprio, Angelus e Giles. Enquanto Faith, Alasdair Coames, Lavinia e Sophie (tias-avós de Giles) estão fazendo um ritual para salvar a sanidade de Angel, Spike fica tomando conta dele. Achando que o outro vampiro está completamente fora do ar, o apaixonado Spike abre seu coração para o rival:

Tudo é culpa sua. "Olhem para mim, eu tenho uma alma, eu sofro, eu me flagelo, eu tenho tantos, oh, sentimentos! Eu mereço a Caça-Vampiros!" E é claro que, para você, funcionou direitinho. Então, feito um idiota, eu me coloco em inimaginável agonia, por vontade própria, ao contrario de algumas pessoas neste quarto. Eu consigo minha alma de volta. Para não ser mais um monstro. Nunca me perguntando se talvez, era um monstro o que ela queria. Assim que ela percebe que eu sou capaz de emoções humanas, posso querer alguma coisa real, eu viro um leproso. E tudo o que me resta é a capacidade de me sentir muito mal sobre a coisa toda. É tipico das mulheres, não é? Vivem falando o quanto querem um bom homem. Um homem sensível que as respeite. Mas no momento em que te transformam em um, elas te acham um tremendo chato e o trocam pelo primeiro idiota sofredor que aparece na frente. E agora eu estou sem saída! Mas vamos ser honestos. Eu nunca me saí bem sozinho. Quando Dru me deixou, eu fiquei arrasado. Agora estou dez mil vezes pior. Eu nunca admitiria isso se você não fosse um vegetal babão, mas eu sempre admirei o jeito que você conseguiu seguir em frente e esquecer a Caça-Vampiros. Encontrou trabalho... saiu com outras mulheres... construiu uma vida para si. Eu daria tudo para saber como você fez isso!

Ao que Angel, para total surpresa de Spike, responde: "quando eu souber, eu te falo!" O feitiço para curar Angel havia funcionado e o vampiro ficou quietinho ouvindo o desabafo de Spike... Angel fica consternado com o estado emocional de Spike e arranja um encontro para ele com Harmony, agora uma vampira reformada, que só morde as pessoas com a permissão delas. Spike e Harmony transam feito coelhos, mas de nada adianta, Spike continua amando Buffy.


What You Want, Not What You Need
(
Angel & Faith)

Spike pretende ficar em Londres e lutar ao lado de Angel e Faith, mas quando sabe que Dawn está com problemas - a menina está desaparecendo por causa do fim da magia na Terra - ele parte imediatamente para San Francisco.


The Core


Quando Spike chega a San Francisco vindo da Inglaterra, sua amada Buffy fez o caminho inverso, indo até o Poço Profundo para tentar encontrar a cura para o problema de Dawn. Spike fica na cidade fazendo companhia à garota por quem tem tanto carinho e quando Buffy volta da Inglaterra, ela agradece a ele por ter cuidado de Dawn em um momento tão difícil.